CIRURGIAS

Plástica Pós-Obesidade

O paciente obeso que perde grande quantidade de peso é um vencedor. Aos poucos se sente melhor com a saúde e com a aparência, mas percebe que pode ir além: ter um novo contorno corporal com a plástica pós-obesidade, afinal, a perda de peso não é o último estágio nesta jornada, é apenas o início do “novo eu”.

As técnicas modernas de plástica pós obesidade trazem resultados muito animadores aos pacientes. Só resta questionar: você está satisfeito com sua aparência atual ou deseja mais uma fase de vida que pode modificar por completo sua aparência?

Após a perda e estabilização do peso, certas mudanças não podem ser alcançadas com cuidados nutricionais e atividade física. É quando as sobras de pele nos braços, mamas, abdomen, coxas e outras regiões trazem desconforto. Nestas situações, apenas a plástica pós-obesidade consegue retirar o excesso de pele e remodelar o corpo.

A nova silhueta é responsável pela recuperação da auto-estima e de bem estar. É comum observar pacientes mais felizes, assim como as famílias que notam mudanças positivas na personalidade de seu ente querido.

Um ou mais dos seguintes procedimentos podem ser feitos no paciente com grande perda ponderal:

  • Correção de hernias;
  • Lipoaspiração;
  • Plástica dos braços (braquioplastia);
  • Plástica de barriga (abdominoplastia);
  • Plástica de mamas (com ou sem implante);
  • Correção de mamas em homem (ginecomastia);
  • Plástica de coxas;
  • Plástica de nádegas;
  • Plástica de face e pescoço;
  • Plástica de áreas íntimas;