CIRURGIAS

DIÁSTASE E AS INTERVENÇÕES CIRÚRGICAS APÓS A GESTAÇÃO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on skype
Share on whatsapp
Share on telegram

Antes mesmo de falar sobre as intervenções é preciso entender o que é a diástase, ela é uma condição que se caracteriza pelo afastamento de determinados músculos abdominais, a diástase abdominal pode atingir até 30% das mulheres no pós-parto.

No caso do abdome, o principal músculo afastado é o reto abdominal, embora os músculos oblíquos possam sofrer com a diástase também.

QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS CAUSAS?

Sedentarismo, ganho de peso, alimentação não balanceada e a gestação podem causar a diástase do m. reto. As manifestações da diástase vão além das alterações estéticas: alteração do trânsito intestinal com distensão abdominal após alimentar-se, prisão de ventre, dor na coluna com mudança de postura e alteração da vida sexual. Nos casos mais graves, onde o afastamento é grande, somente a cirurgia irá resolver.

COMO EU POSSO SABER SE TENHO DIÁSTASE ABDOMINAL?

O diagnóstico da diástase é realizado pelo cirurgião através do exame físico do paciente ou com a realização de exames como ultrassom de parede abdominal, que irá mensurar o quanto de abertura a musculatura possui.

ESSA INTERVENÇÃO É MUITO COMPLICADA?

Não. A correção de diástase dos músculos reto abdominais consiste em uma incisão no púbis, próxima ao local em que o corte da cesariana é feito.

Usa-se um afastador para que a equipe médica possa ver a musculatura com mais detalhes. Então, costura-se a aponeurose, uma membrana que envolve os músculos, aproximando-os. Conjuntamente, pode ser realizada uma abdominoplastia para retirada do excesso de pele. Já em caso de gordura excedente, recomenda-se a lipoaspiração.

MINIZANDO RISCOS

Para reduzir os riscos cirúrgicos é sempre importante pesquisar o local, o profissional e histórico da clínica escolhida e assim retirar todas as suas dúvidas.

Nesse momento é essencial tratar com um cirurgião plástico apto a realizar o procedimento, verificar sempre as formações e seu histórico médico.

Busque sempre o maior número de informações sobre o local onde será realizada a cirurgia, como funciona o centro cirúrgico o equipamento e a capacidade hospital, é essencial assim como a escolha do médico que o centro cirúrgico seja adequado ao procedimento.

SIGA O TODOS AS RECOMENDAÇÕES APÓS O PROCEDIMENTO

Um bom resultado não depende somente do médico. É de extrema importância que todas as recomendações que forem passadas pelo profissional, sejam seguidas corretamente.

Fale com nossa equipe e tire todas as suas dúvidas e agende sua consulta através do nosso Whatsapp 98127-1010, Instagram, Facebook, ou  pelo telefone 4101-9144.